Se você tem um site ou trabalha com marketing digital, com certeza já deve ter aplicado o SEO ou o SEM em uma de suas estratégias para alcançar o topo das plataformas de busca, porém, por mais que sejam extremamente populares, muitas pessoas tem dificuldade em entender suas diferenças e acabam falando delas como se fossem uma única coisa. 

É comum encontrarmos pessoas que misturam o SEM com o SEO, e não fazem a mínima ideia do que cada uma representa, e até mesmo acreditam que não existe nenhuma diferença entre elas, mas acredite, existem várias diferenças entre esses dois termos.

Assim como nem todos os são iguais, e cada marca, grossura, e comprimento pode fazer diferença, aqui estamos falando de dois conceitos fundamentais dentro do marketing, porém que atuam de forma bem diferente entre si. 

No texto de hoje, iremos fazer você conhecer de fato, as diferenças entre SEO e SEM, abordando de forma precisa, quais as diferenças entre esses dois termos populares do marketing digital, bora conferir? Então vamos lá!

O que é o SEO?

Começando pelo SEO, também chamado de Search Engine Optimization, esse que é um termo que reúne um conjunto de estratégias diferentes, para otimizar um site, e fazer com que ele alcance o topo das plataformas de busca de maneira totalmente orgânica, ou seja, sem a necessidade de pagamento ou investimento de recursos. 

Dessa forma, ele se baseia justamente nessas estratégias, como o uso correto das palavras-chave, linkbuilding, títulos e subtítulos, HTML amigável, design e boa distribuição dos elementos, adaptação mobile, boa velocidade de carregamento da página, uso de imagens e outras mídias, conteúdos de alta qualidade e por aí vai. 

Todas essas ações juntas, fazem com que o site de balas personalizadas seja bem visto pelo algoritmo do Google, dessa forma, a plataforma recomenda aquela página para os usuários, alavancando ela dentro das pesquisas, e fazendo com que ela alcance o topo, de maneira totalmente natural. 

E o SEM, o que significa?

Já o SEM, também conhecido como Search Engine Marketing, é um conceito um pouco mais complicado de definir, já que muitas pessoas acreditam que ele tenha duas definições, a primeira seria que esse é um termo que se refere ao uso de links patrocinados para impulsionar o site e fazer com que ele alcance o topo das plataformas de busca.

O segundo, aborda o SEM como algo geral, dessa forma, é um conceito que participa tanto de anúncios pagos quanto do tráfego orgânico, ou seja, ele age com links patrocinados e também, com o próprio SEO. Por mais que tenha essa dupla definição dependendo de quem fale sobre o assunto, vamos levar em consideração que o SEM atua somente com mídia paga, já que esse é o termo mais popular referente a essa estratégia. 

Sendo assim, o SEM nada mais é, do que uma estratégia que visa impulsionar um site para o topo do Google de maneira paga, utilizando plataformas de geração de anúncios, ou seja, se você procurar um termo na plataforma de busca, como “display de acrílico”, por exemplo, o que aparecer com a palavra “anúncio” do lado, significa que está utilizando o SEM. 

Já o link que aparece em primeiro, sem ter o termo anúncio, podemos afirmar que utiliza do SEO, já que chegou ao topo de maneira natural, enquanto o outro, alcançou a primeira página graças a mídia paga, abaixo, vamos abordar ainda mais a diferença entre eles.

Quais as diferenças entre SEM e SEO?

Após conhecer detalhadamente, cada um dos termos, ficou muito mais fácil de perceber suas diferenças, certo? Por mais que o objetivo de ambos seja fazer com que o site alcance o topo das plataformas de busca, aumentando a sua visibilidade, os métodos são totalmente diferentes. 

O SEM atua de forma paga, tendo a necessidade de investir recursos em mídias pagas para chegar até o topo, enquanto o SEO, se baseia em um conjunto de estratégias orgânicas, atuando de forma totalmente natural, é claro que ambos possuem pontos em comum e diferenças marcantes, bora ver mais sobre elas?

O que tem em comum entre SEM e SEO?

É natural que as pessoas se confundam ao utilizarem os termos SEM e SEO, afinal, eles possuem muitas semelhanças, entre elas, podemos destacar o tráfego relevante ao site, já que ambos atraem visitantes até sua página, dando também mais visibilidade. 

Eles também ajudam a entender e compreender melhor quem é o seu público,e  por fim, ambos têm como principal foco, a utilização de palavras-chave para se situar e alcançarem o topo de forma eficaz. 

Quais são as diferenças entre SEM e SEO?

Assim como os discos de corte e abrasivos, por mais parecidos que sejam também possuem suas diferenças, e isso se aplica no SEM e no SEO, o primeiro é justamente o valor investido, o SEO é orgânico, e não possui nenhum gasto para a sua execução, já o SEM, é necessário investir recursos para que ele funcione.

Em contrapartida, o SEM costuma ter resultados instantâneos, enquanto a estratégia orgânica pode demorar meses ou até mesmo anos para funcionar, por fim, o tráfego pago fica marcado como anúncio, enquanto o SEO não é identificável, um detalhe que pode fazer toda a diferença.

Agora conte para a gente, qual você gosta mais, o SEM ou o SEO? Qual gostaria de aplicar dentro do seu site? Possui alguma preferência? Saiba que, os dois são bons, eficientes, e juntos, podem ser ainda melhores. 

Não se esqueça de deixar a sua opinião sobre eles nos comentários abaixo, também compartilhe esse texto com seus amigos e familiares caso tenha gostado do conteúdo, até a próxima!

Esse artigo foi escrito por Iago Lourenço, criador de conteúdo do Soluções Industriais.