Remarketing é uma estratégia de marketing digital muito conhecida porque faz com que os anúncios da marca no Google apareçam para os usuários que demonstraram interesse nos produtos e serviços oferecidos.

Existem diferentes estratégias de marketing pela internet, tantas que, muitas vezes, gestores e empreendedores não sabem qual escolher ou quais são as mais adequadas para seu público.

Mas entre aquelas que não podem faltar no planejamento está o remarketing. Ele é muito importante porque ajuda a fixar uma solução na mente do consumidor e a lembrá-lo sobre o interesse prévio em alguma solução.

É muito comum ver as pessoas entrando no site de vendas, colocando produtos no carrinho e, por alguma razão, não finalizam a compra. Também existem aqueles usuários que clicam no anúncio, mas não compram.

O remarketing serve justamente para impactar essas pessoas e concluir a venda, e já se mostrou como uma estratégia extremamente eficiente para os usuários. Mas para usá-lo do jeito certo, primeiro é necessário compreendê-lo.

Este artigo tem como objetivo definir o conceito de marketing, mostrar como colocá-lo em prática e falar um pouco sobre as vantagens da estratégia.

Entenda o que é remarketing

Remarketing nada mais é do que uma estratégia que repete o marketing para a mesma pessoa, ou melhor, exibe anúncios para os mesmos usuários que em algum momento demonstraram interesse pela solução.

O objetivo é impactar essas pessoas e lembrá-las sobre um interesse que tiveram previamente. A estratégia é aplicada por meio de campanhas de e-mail que reativam os clientes da base e incentiva a tomada de uma ação.

Um fabricante de revestimento alto relevo branco pode aplicar o remarketing em diferentes situações, como um e-mail para lembrar sobre itens que foram esquecidos no carrinho de compra, aviso de promoções no site, entre outros.

Como fazer remarketing?

Existem diferentes maneiras de fazer remarketing e tudo depende da plataforma escolhida pela empresa. Algumas possibilidades são:

Google Ads

O Google é o site de busca mais usado no mundo e exibe anúncios em sua página de pesquisas, algo que ajuda a alcançar excelentes resultados.

Ele também está integrado a várias outras plataformas, por meio do programa de afiliados. São sites que possuem boa audiência e cedem espaço em suas páginas para divulgar anúncios do buscador.

As campanhas surgem quando o usuário está pesquisando um tema específico ou depois de ter feito a pesquisa, mas sem comprar alguma coisa.

As chances de o usuário clicar no anúncio são muito maiores porque trata de um tema de seu interesse, e a organização pode criar listas segmentadas dentro da plataforma, ou direcionar os anúncios de acordo com o comportamento dos usuários.

Outra opção para um educandário escola é criar anúncios para pessoas que visitaram seu site e em determinado período, potenciais clientes que acessaram a página do produto e aqueles que fizeram check out.

Facebook Ads

As estratégias de remarketing no Facebook e no Instagram são bem parecidas com as do Google, mas os anúncios vão aparecer nas redes sociais.

No caso do Facebook, as campanhas aparecem na barra lateral ou no feed de notícias, enquanto no Instagram, os anúncios aparecem nos stories e no feed.

Para criar campanhas nessas plataformas é necessário usar um gerenciador de negócios do Facebook, mas para ter acesso a ele, é necessário ter uma página de negócios no site.

As configurações das campanhas são intuitivas e é possível personalizar os anúncios de acordo com as características do público e opção de tráfego. Depois, o anunciante só precisa copiar o código e adicionar ao site.

Entender o comportamento do usuário

Em ambas as plataformas, é necessário conhecer sobre o comportamento do usuário para obter informações, como:

  • Forma de consumo;
  • Horários;
  • Termos de pesquisa;
  • Assuntos de interesse.

Os horários são questões muito importantes porque a estratégia não vai trazer resultados se for disponibilizada na internet no momento em que boa parte do público do negócio está offline.

Nesse sentido, um fabricante de escada de mármore travertino deve fazer uma pesquisa de mercado para entender como é o comportamento dos indivíduos e segmentar de maneira mais eficiente.

Usar um bom CTA

CTA é uma sigla para Call To Action (chamada para ação), uma estratégia usada para incentivar a ação por parte do usuário.

Para trabalhar com essa ferramenta, é necessário conhecer os gatilhos mentais presentes na campanha e que ajudam a aumentar as taxas de conversão.

Não existe um único tipo de CTA e tudo vai depender de testes e estudos para encontrar a melhor opção que se enquadra nas necessidades de cada empresa.

Vantagens do remarketing

Investir em remarketing do jeito certo traz muitas vantagens para as empresas, independentemente de seu porte ou segmento. Dentre as que mais se destacam estão:

Mantém a marca na mente do cliente

As pessoas acessam o site de uma empresa por diversas razões e nem sempre elas serão convertidas. Às vezes o usuário quer se candidatar para uma vaga, estava pesquisando sobre o produto, ou somente está curioso sobre a empresa.

Cerca de 30% dos usuários reagem de maneira positiva a anúncios que são direcionados a eles e apenas 11% reagem de maneira negativa.

Isso mostra que para uma empresa de decoração de festas, o remarketing ajuda o negócio a lembrar as pessoas sobre seus interesses anteriores, tendo em vista que os anúncios são totalmente direcionados.

Ele é ainda mais eficaz com indivíduos que estavam procurando uma oferta e acabam encontrando ofertas semelhantes dos concorrentes.

Aumenta o potencial dos anúncios

Outro benefício está relacionado ao remarketing é ele que segmenta usuários que realizaram várias ações que mostraram claramente o interesse pelos produtos e serviços.

De acordo com o próprio Google, é possível criar diferentes listas de remarketing para aplicar em casos específicos, como itens que foram adicionados ao carrinho por pessoas que não finalizaram a compra.

Uma empresa de compensado naval 25mm pode criar anúncios que oferecem descontos especiais para o segmento de usuários que não concluíram uma ação esperada.

É uma forma de incentivar ainda mais o cliente a retornar ao site e finalizar um processo que ele estava prestes a realizar.

Estratégia econômica

O remarketing é uma das estratégias de marketing digital mais econômicas da atualidade, visto que atingir pessoas que já demonstraram interesse no produto, ou seja, leads qualificados, é muito mais barato do que impactar alguém do zero.

Um anúncio comum precisa de uma rede mais ampla para funcionar, mas com o remarketing, ele se restringe a plataformas visitadas pelas pessoas.

O custo total vai depender da estratégia geral de marketing, mas uma empresa de aluguel de espaços para festa pode investir em outras maneiras de economizar.

É possível combinar o remarketing com a segmentação contextual e garantir que seja apresentado aos clientes em potencial e pessoas mais relevantes dentro de um período.

Aumenta as chances de conversão

Se uma pessoa encontrou o caminho até o site da marca ou seu aplicativo, significa que foi exposta à empresa, mais do que isso, a organização conseguiu superar um obstáculo para se conectar com a audiência.

Por meio do remarketing, é possível aumentar as chances de transformar o cliente potencial em uma venda de fato. É o incentivo que essas pessoas precisam para encontrar o que estavam procurando e fazer negócio com a marca.

Existem organizações que conseguem obter taxas de conversão de 60%, trabalhando com indivíduos que demonstraram interesse em suas soluções.

Ao fazer isso, um fabricante de curativos especiais lembra os usuários sobre sua marca e pode levá-los até a página de onde saíram da última vez em que acessaram.

Por exemplo, se a visita foi na página de preços, o anúncio pode direcioná-lo de volta para lá, o que facilita ainda mais a conversão.

Amplia o alcance do negócio

Outra coisa que diferencia o remarketing é seu alcance, pois com esse tipo de anúncio, a plataforma não fica limitada à web. Isso porque é possível alcançar pessoas que acessaram milhares de sites e aplicativos em diferentes dispositivos.

Um fabricante de chave codificada Chevrolet consegue segmentar visitantes anteriores em seu site no YouTube, por meio de anúncios gráficos, enquanto assistem outros conteúdos.

Também é possível usar texto e imagens nos próprios anúncios de remarketing, em campanhas criadas na rede de display do Google.

Considerações finais

Muitas vezes, o visitante demonstra algum tipo de interesse nos produtos e serviços oferecidos pela empresa na internet, mas por alguma razão, não finaliza a compra, portanto, não é convertido em cliente.

Mas não é porque isso aconteceu que a organização pode considerá-lo como uma oportunidade perdida, muito pelo contrário. O remarketing foi criado justamente para lidar com essas pessoas e lembrá-las sobre algo de seu interesse.

No fim das contas, a organização consegue fazer a conversão e o cliente adquire um produto ou serviço que vai agregar valor ao seu dia a dia.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.