O pipeline de vendas é uma ferramenta extremamente importante no processo de vendas, dando autonomia aos gestores e vendedores.

Dentro dele, estão todas as comunicações feitas com os prospects, mostrando os que estão perto de efetuar a compra e os que estão longe disso. 

Com essa ferramenta, é possível construir as estratégias corretas para trazer esse prospect que não está tão interessado para o próximo nível. 

Muitos se confundem com os funis de venda e o pipeline, e sim, são bastante semelhantes, praticamente com propostas iguais. 

Porém, a sua diferença se dá porque o funil de vendas é uma ferramenta em que é possível acompanhar todo o trajeto de compra já feito por um lead até o seu fechamento. 

No caso do pipeline de vendas, é acompanhado todo o processo interno da empresa, mostrando todo o trajeto que um cliente passa até conseguir fechar negócio. 

Portanto, as etapas do pipeline de vendas são bem eficientes para o processo de vendas, sendo elas:

  • Contato;
  • Qualificação;
  • Envio de proposta;
  • Follow-up;
  • Negociação.

Sabendo como funciona o pipeline de vendas, é necessário entender como ele é montado, para que seus negócios avancem e alcancem os objetivos propostos. 

Devido a isso, separamos algumas dicas de como colocar o pipeline de vendas em prática e as dicas para o gerenciamento dos leads. Confira!

Como colocar em prática

Toda empresa tem a necessidade de uma estratégia de vendas efetiva para que possa gerar resultados satisfatórios e manter um crescimento empresarial, tendo lucros e uma boa reputação. 

Sabendo a eficácia do pipeline de vendas, é preciso saber como colocá-lo em prática. Entretanto, para que isso aconteça, é necessário:

  • Analisar se há prospects parados dentro do funil;
  • Fazer uma última tentativa para transformá-los em clientes;
  • Manter o banco de dados sempre atualizado;
  • Revisar as tarefas pendentes dentro do pipeline de vendas;
  • Montar estratégias para fidelização de clientes.

Sabe aqueles leads que já tiveram contato com a empresa, mas de repente não responderam e simplesmente não houve a venda? Não se pode dar por derrotado devido a isso, pois há sim chances de convertê-los.

Jamais seja invasivo com os potenciais clientes ou qualquer outro que esteja em negociação, pois isso pode afastá-los de vez. Entretanto, para os que estão parados dentro do funil, é preciso fazer uma última tentativa de contato para tentar uma conversão. 

Com isso, há a possibilidade de conseguir fechar venda com esse lead, assim como também não. Se isso acontecer, retire ele dos contatos e foque nos que estão perto de uma negociação. 

Além disso, mantenha o banco de dados dos leads sempre atualizado, entendendo cada passo que cada prospect fez dentro da jornada de compra, construindo estratégias para que ocorra o fechamento da venda em questão. 

Com essa ferramenta de vendas, tudo se mantém organizado, podendo fazer com que os vendedores façam as propostas na hora certa, tendo chances enormes de fechamentos. 

Dicas para gerenciar leads

Sabemos que no processo do pipeline, é importante saber quais são os clientes em potencial para uma maior assertividade. Com isso, é essencial ter êxito nos métodos aplicados. 

Com um CRM vendas, é possível ter uma organização de peso dos seus leads, podendo gerenciá-los e facilitando as propostas e possíveis negociações. 

As maiores dicas para um bom gerenciamento dos leads são cruciais para que seu negócio tenha sucesso. 

Pensando nisso, separamos algumas pequenas dicas que farão a diferença nas suas vendas, sendo elas:

  • O uso de um bom CRM;
  • Estar atento na jornada de compra dos clientes;
  • Desenvolver estratégias de marketing de conteúdo;
  • Projetar objetivos para conversão de clientes diante da estratégia desenvolvida;
  • Qualifique seus leads;
  • Avalie o funil de vendas com frequência;
  • Crie campanhas gratuitas e pagas para atração de leads.

Existem diversas opções dessa plataforma no mercado e não se preocupe com o preço deles, pois existe um CRM gratuito que tenha a mesma eficácia dos que são pagos. 

Portanto, a organização é a base para uma boa gestão dos leads, entendendo quais estão mais perto de serem qualificados para passar para a próxima etapa. 

Por esse motivo, é crucial avaliar o funil de vendas frequentemente, para ver como está a situação dos leads, descartando os que não estão interessados depois da última tentativa e mantendo estratégias para atrair os clientes. 

Com isso, irá se qualificar os leads para que os vendedores possam fazer propostas com uma maior certeza de fechar o negócio. 

Então, agora que já sabe como usar o pipeline de vendas, construa estratégias certas para alcançar os seus potenciais clientes, qualificando os melhores leads com assertividade. 

Desse modo, será possível ter um aumento significativo de vendas e obter o crescimento da sua empresa. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Markplan, site voltado 

para a veiculação de conteúdos relevantes sobre estratégias de negócios, pensados para abranger informações e novidades relacionadas aos maiores segmentos empresariais.