Dropshipping é um modelo de operação em que um comerciante recebe um pedido de um cliente em sua loja online e encaminha esse pedido de compra para um fornecedor, que será o único responsável por entregar o produto solicitado e enviá-lo ao consumidor.

Esse modelo pode ser nacional ou internacional. Se você está pensando em abrir uma loja online mas não tem muito dinheiro, não é necessário se preocupar com isso, nem mesmo alugar armazem geral para investir em estoque.

O que na verdade você precisa para começar sua loja online é entender bem o que é dropshipping e como funciona esse modelo de negócio que faz tanto sucesso.

Pensando nisso, preparamos este artigo para você entender tudo sobre dropshipping: o que é, quais são seus prós e contras, como fazer e muito mais!

O que é dropshipping?

O dropshipping é um modelo de operação em que os lojistas recebem pedidos de clientes em sua loja virtual e encaminham pedidos para fornecedores, que realizam todo processo de envio aos consumidores, que pode ser feito nacional ou internacionalmente.

Assim o lojista trabalha sem estoque e é apenas um intermediário no processo de compra. Todas as questões relacionadas à entrega – desde a embalagem até a chegada do produto na casa do cliente – são de responsabilidade do fornecedor.

Com isso, não é necessário ter um espaço físico nem para estoque, nem para expor produtos à venda dos consumidores, nem mesmo contratar empresa de instalação de alarme de incêndio para regulamentar o espaço da loja.

Afinal, tudo será feito online, e você só precisa mesmo vender os produtos e contactar os fornecedores para realizarem todo processo de entrega.

É um modelo super lucrativo e que tem tido muito sucesso, principalmente depois da pandemia, em que esse modelo era o único possível para vendas de produtos.

Como funciona o dropshipping?

O dropshipping funciona de forma muito simples, e o melhor de tudo é que o processo é realizado online, sem precisar de estoque, espaço físico, alvará de funcionamento ou inspeção da vigilância sanitária e inspeção de instalação elétrica.

Funciona da seguinte forma: Um cliente faz um pedido online em sua loja virtual e seleciona um produto com base no catálogo de fornecedores que você possui. Tudo começa quando um cliente visita uma loja virtual de dropshipping e obtém os itens disponíveis lá.

Esse catálogo de produtos é realmente apresentado do fornecedor ao varejista, levando em consideração dois fatores principais: a logística de distribuição e o estoque de produtos disponíveis.

A primeira envolve a capacidade do fornecedor de entregar nacional ou internacionalmente com base nas necessidades do cliente do vendedor. A segunda refere-se ao número de produtos que ainda estão em estoque.

Nessa fase, é importante manter um bom alinhamento entre lojistas e fornecedores para evitar que a experiência de compra dos usuários seja prejudicada.

Quais são as vantagens do dropshipping?

Agora que você sabe o que é dropshipping, como funciona e como encontrar fornecedores, aqui estão sete principais vantagens desta operação para você trabalhar com a sua empresa de adequação de máquinas NR12:

1. Redução de custos

Conforme mencionado anteriormente, esse modelo de negócio não exige gestão de estoque, o que reduz uma parcela significativa do investimento inicial, incluindo embalagem de envio.

Além disso, não há custo de aluguel de espaço para matéria-prima, mão de obra e mercadorias para operar.

2. Grande variedade de produtos

Os fornecedores de dropshipping geralmente oferecem produtos relacionados que facilitam as vendas em diferentes categorias dentro do mesmo segmento de mercado.

Ou seja, não importa se é destinado para uma bancada de inox para laboratório, você não irá se preocupar pois os fornecedores cuidarão do estoque.

Muitas vezes os catálogos de produtos também podem mostrar uma variedade maior de itens, pois o tamanho do estoque não é responsabilidade do dropshipper.

3. Flexibilidade do trabalho remoto

Como não há estoque físico, não há necessidade de ter um local de trabalho fixo. Assim, com um laptop e uma boa conexão com a internet, seu escritório pode ser configurado em casa ou em qualquer outro lugar!

4. Atender clientes em todo território nacional

Assim como você pode vender em qualquer lugar, bastando os clientes procurarem “3m epi onde comprar” para encontrar a sua loja, seus clientes podem comprar em qualquer lugar independentemente das barreiras geográficas.

Isso abre muitas possibilidades para o seu negócio crescer e se expandir de forma saudável, porque quanto maior for a área de cobertuda dos seus serviços, mais pessoas poderão ser alcançadas e mais oportunidades sua empresa terá.

5. Foco em marketing

A partir do momento que você terceiriza sua logística com dropshipping, você tem mais tempo para investir em outras áreas do seu negócio e estratégias de aquisição e retenção de clientes, como blogs, publicidade paga e redes sociais.

Se você quiser saber mais sobre como criar um plano de marketing eficaz, confira nosso manual de estratégia gratuito sobre o tema.

6. Suporte, trocas e devoluções

Outra vantagem do dropshipping é que todos os processos de suporte pós-venda, trocas ou devoluções de produtos também são cobertos pelo fornecedor. Ou seja, ele tem que arcar com todos os custos e logística reversa.

7. Flexibilidade

O dropshipping permite que os empreendedores tenham mais flexibilidade no ambiente de trabalho e na contratação de fornecedores.

Basta um computador conectado à internet para iniciar uma venda efetiva, ou se a empresa for maior, a opção de montar um escritório em um local caro da cidade, pois a empresa não gasta mais dinheiro em espaço de estoque.

Quais são as desvantagens de usar o dropshipping?

Embora o dropshipping seja ótimo de várias maneiras, existem alguns aspectos negativos que podem atormentar os empreendedores, como:

  • Margens de lucro baixas;
  • Atrasos de entrega;
  • Problemas de devolução de produtos;
  • Maiores impostos sobre os produtos.

Essas 4 desvantagens podem afetar negativamente a escolha de adotar um negócio de dropshipping, no entanto é necessário ponderar a implementação desta tecnologia de inventário.

Margens de lucro baixas

Como a loja responsável pelas vendas é apenas uma intermediária no processo, o lucro costuma ser inferior ao do fabricante, em torno de 20% a 30%.

Um dos principais motivos também é a intensa concorrência nesse ramo, pois diversas empresas surgiram no mercado para se engajar nesse tipo de negócio.

Mais atrasos na entrega

Outro ponto é a lentidão no atendimento, pois é preciso entrar em contato com outra empresa para atender o pedido do cliente. Às vezes essas empresas estão localizadas em outros países, o que torna o processo de vendas mais lento.

Além disso, os empreendedores que optam pelo modelo de dropshipping ficam sujeitos ao processo logístico de outra empresa, que às vezes é ineficiente.

Problemas de devolução do produto

Por lei, os consumidores podem se arrepender de comprar um item e devolvê-lo à loja dentro de um determinado período. Há também casos em que o produto apresenta defeito de fabricação e precisa ser devolvido à empresa.

Esse processo de devolução de bacia com saida horizontal ficou mais complicado, pois agora o dono da loja tem que ser um intermediário no processo porque o fornecedor não entra em contato com o cliente.

Como resultado, as devoluções de produtos custam aos lojistas muitas dores de cabeça para o consumidor final.

Imposto sobre o produto mais alto

Outra coisa a se notar é que muitos produtos são importados, ou seja, encomendados de outros países.

Por exemplo, se uma empresa de compressores aberto bitzer para refrigeração compra peças da Rússia, está destinado a ser tributado, aumentando assim o custo de uso do produto para a empresa.

Considerações finais

Assim, o dropshipping é uma estratégia de estoque inovadora que facilita a distribuição e venda de produtos em todo o mundo.

Garante que os pequenos empreendedores possam iniciar suas lojas sem espaço de estoque, reduzindo custos para a empresa e trazendo alguns outros benefícios, como a possibilidade de oferecer produtos diferenciados.

No entanto, o dropshipping também apresenta algumas desvantagens, como margens de lucro menores, possibilidade de impostos, problemas de devolução e atrasos maiores nas entregas, dependendo do fornecedor escolhido.

Esse tipo de negócio é como uma terceirização, onde você é apenas o intermediário entre a empresa fornecedora do produto e o cliente final, que pode ser tanto uma pessoa física quanto uma pessoa jurídica, dependendo do tipo de equipamento que você venda.

Este artigo ajuda o empresário a entender esses fatores e decidir se deve implementar essa tecnologia em sua loja, escolhendo o modelo de estoque que melhor aumentará seu negócio e permitirá gerar o maior lucro.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.