Uma campanha de email marketing é fundamental para que o negócio possa se comunicar com seus consumidores de maneira mais próxima, nutrir seus leads e obter diversos benefícios com esse investimento.

O e-mail marketing é uma comunicação direta, que acontece por e-mail, entre a marca e os consumidores. Geralmente, a companhia precisa de uma ferramenta de automação para que possa fazer os disparos adequadamente.

É uma das estratégias de marketing digital mais importante porque funciona como um canal direto com o público, usado para estreitar o relacionamento, nutrir leads e aumentar as vendas, e os retornos são sempre muito positivos.

Mas, mesmo tendo em vista toda a sua eficiência, ainda existem muitos profissionais que desacreditam de sua funcionalidade. Isso acontece porque durante muito tempo, os e-mails enviados por marcas eram um sinônimo de spam.

Também existiam muitas pessoas mal intencionadas que enviavam e ainda enviam fraudes ou até mesmo negócios que optavam por uma abordagem intrusiva. Isso fez com que os usuários passassem a ignorar ou deletar as mensagens.

Mas, isso mudou, e neste artigo, vamos explicar o conceito de e-mail marketing, porque vale a pena investir e dar algumas dicas para criar uma campanha.

O que é e-mail marketing?

E-mail marketing é uma estratégia de envio de e-mails para uma lista de contatos, tendo como propósito estabelecer uma comunicação com os destinatários e cumprir objetivos da estratégia.

O disparo costuma ocorrer com o auxílio de uma ferramenta de automação, mas até que se tornasse uma estratégia vantajosa e viável, muitas coisas tiveram que acontecer.

Hoje em dia, uma empresa especializada em entretenimento para festas pode contar com esse recurso em suas estratégias de marketing digital, mas nem sempre o e-mail foi bem-vindo pelos usuários.

Antigamente, ele incomodava muito as pessoas porque as organizações enviavam mensagens indesejadas e insistentes, sem nem mesmo pedir permissão para os usuários.

A partir disso, diversos provedores como Gmail, Hotmail e Yahoo começaram a bloquear qualquer tipo de conteúdo suspeito enquanto os usuários simplesmente ignoravam e deletavam as mensagens.

Diante dessa realidade, as próprias organizações começaram a qualificar as abordagens, solicitando a autorização das pessoas para fazer os envios, além de segmentar a base de contatos para personalizar os e-mails.

Isso fez com que o e-mail voltasse às suas origens, atuando de maneira mais humanizada e pensada nos interesses dos destinatários.

Por que vale a pena investir?

O e-mail é um dos principais canais usados pelas organizações, ficando atrás apenas do site institucional e das redes sociais. 

Ele é relevante para o marketing digital porque traz benefícios, como:

  • Alcance maior;
  • Alcance previsível;
  • Estratégia flexível;
  • Bom retorno financeiro;
  • Canal próprio.

Existem cerca de 4 bilhões de pessoas que utilizam o e-mail atualmente, e a previsão é de que até 2024 este número cresça até a marca de 4,5 bilhões.

Em outras palavras, um fabricante de porta de madeira grande tem a possibilidade de falar com mais da metade da população mundial.

O e-mail concentra todas as ações realizadas em outros canais, por exemplo, quando você quer fazer o login em um site, como no caso das redes sociais, precisa ter um e-mail, portanto, ele é parte fundamental do uso da internet.

Hoje em dia, as empresas podem criar conteúdos para publicar em diferentes plataformas e nos mais variados formatos, mas quando eles são postados nas redes sociais, nem todos os usuários vão recebê-los.

Isso acontece porque os algoritmos determinam as publicações mais relevantes para as pessoas, o que torna o alcance orgânico algo imprevisível. Por outro lado, ao enviar um e-mail, você tem total controle da entrega.

Por exemplo, se uma organização enviar e-mail para 100 endereços, todos eles vão receber o conteúdo, a não ser que um deles esteja com algum problema.

Ao investir nessa estratégia, um fabricante de grelha de churrasco para fogão tem diante de si uma tela em branco que pode ser preenchida como quiser. Não existem limites de caracteres e você ainda pode incluir links, imagens e escolher o layout.

É possível acrescentar elementos gráficos ou apenas escrever um texto, portanto, a maneira como você vai criar a mensagem é totalmente livre.

Dentre as estratégias de marketing digital, o e-mail marketing é uma das ações que oferecem o melhor retorno. Tanto é que de acordo com uma pesquisa realizada pela Litmus, cada centavo investido traz um retorno muito maior.

Isso acontece porque o investimento necessário é baixo e as taxas de conversão são muito mais altas. Ademais, tudo o que a marca precisa é de um domínio, uma ferramenta de envio e uma pessoa para cuidar desse processo.

Um fabricante de placa ACM iluminada pode gerar um grande volume de receitas, apenas por meio de nutrição dos potenciais clientes, o que aumenta as chances de fechar negócio e estabelecer um relacionamento próximo.

Por fim, a marca terá um canal próprio, o que faz com que a lista de contatos se torne um ativo da corporação. Não existe nenhum tipo de interferência externa, como acontece, por exemplo, nas redes sociais.

Os algoritmos dessas plataformas definem quais postagens são relevantes para os usuários, o que pode fazer com que sua estratégia perca a força.

Mas, para aproveitar todos os benefícios do e-mail marketing, é necessário saber colocá-lo em prática.

Dicas para uma boa campanha de e-mail marketing

Para que a campanha de e-mail marketing seja realmente proveitosa e o negócio possa escolher frutos satisfatórios, algumas dicas são:

Construir uma lista

A primeira coisa que precisa ser feita é construir uma lista de e-mails e nunca comprar uma base de contatos pronta.

Para isso, uma academia de aula de hidroginástica com bola pode investir em técnicas de captação. Uma delas é a otimização do site institucional, como no caso da criação de uma landing page.

O principal objetivo dessa página é captar contatos, por meio da produção de conteúdos que vão servir como moeda de troca para os dados do visitante.

Escolher uma ferramenta de disparo

Depois de captar um número considerável de e-mails, chegou o momento de iniciar a estrutura da estratégia de e-mail marketing. Escolha uma boa ferramenta de disparos para facilitar o envio e a gestão dessa estratégia.

Atualmente, existem várias ferramentas que te ajudam a criar uma boa campanha e a administrar os e-mails de maneira personalizada.

Definir o nome de remetente

O ideal, de acordo com especialistas, é usar um nome de remetente com um e-mail real, por exemplo, evite nomes como contato @empresa .com.br. Prefira usar nomedapessoa @empresa .com.br.

Ao usar uma opção mais pessoal, uma empresa de impermeabilização de manta de PVC consegue influenciar positivamente as taxas de abertura e cliques, aumentando a empatia dos usuários.

Escolher uma estratégia de comunicação

A parte estratégica da sua comunicação envolve saber quem é o público, as ações que pretende realizar por e-mail, a linguagem que a companhia vai adotar e o que ela considera como o resultado de sucesso.

Saber as respostas para todas essas perguntas é uma maneira de garantir uma estratégia de e-mail mais assertiva.

Criar um template

Por meio de uma estratégia bem definida, com ferramentas corretas e uma boa base de e-mails captada de maneira orgânica, o negócio garante as melhores práticas de e-mail marketing.

Um fabricante de piso laminado tipo click precisa de uma comunicação escrita uníssona e uma comunicação visual contínua. Quando os contatos abrirem o e-mail, rapidamente saberão de quem se trata e o tipo de conteúdo trazido.

A padronização acontece por meio da criação de um layout, que pode ser obtido com a ferramenta de automação usada pelo negócio.

Segmentar os contatos

A empresa só vai enviar os e-mails corretos para as pessoas corretas se souber segmentar o público, dividindo as pessoas em nichos.

Isso é importante principalmente para a nutrição dentro do funil de vendas, uma vez que não faz sentido enviar um conteúdo que explica um pouco mais sobre o produto para uma pessoa que nem mesmo sabe que precisa dele.

Fazer testes

Assim como no caso de todas as outras estratégias de marketing digital usadas por um fabricante de abraçadeira tipo unha, o e-mail marketing precisa ser testado e analisado.

É assim que a organização vai saber se está segmentando o público corretamente, se existe algum problema com a empregabilidade dos e-mails, se sua estratégia está melhorando, se ela precisa de melhorias e se as ofertas enviadas fazem sentido.

Considerações finais

Sem dúvidas, o e-mail marketing é uma das estratégias mais importantes para qualquer organização, pois ele ajuda a estabelecer uma comunicação frequente e mais próxima com os usuários.

Saber colocá-lo em prática do jeito certo é fundamental para que realmente traga os resultados esperados e neste artigo você aprendeu como fazer isso.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.