O conceito de branding tem se expandido bastante desde a chegada do marketing 4.0, se tornando um dos recursos mais importantes dentro desse mercado, para que não conhece, o termo branding se refere a “marca” e engloba todas as ações deliberada que você realiza para influenciar a percepção das pessoas sobre o seu produto, serviço ou sua marca.

Sendo assim, esse conceito se resume em criar uma identidade forte para o seu negócio e trabalhar principalmente, como o seu público consegue enxergar a sua empresa, um bom exemplo de branding é o Mc’Donalds, sempre que pensamos em vermelho e amarelo juntos, ou a letra “M”, a primeira marca que vem a cabeça é justamente o fast food. 

Outro exemplo de branding são os jingles, quem nunca ficou com uma música que falava sobre algo aleatório como filtro coalescente na cabeça durante dias? Um exemplo de um bom branding musical pode ser o da Johnsons Baby, da Dolly ou da Amoeba, sem dúvidas, essas marcas ainda devem ecoar na sua mente até hoje. 

Em suma, o branding é tudo aquilo que uma empresa faz para trabalhar a sua marca principalmente perante o público, ela conta com um conjunto de ações como identidade visual, relevância, logo, posicionamento, e por aí vai. Por mais que tenhamos citados exemplos de grandes empresas, o branding é crucial principalmente para os pequenos negócios. 

Através dele, é possível nivelar um pouco mais o jogo e fazer com que um pequeno empreendimento consiga alavancar sua imagem no mercado, acredite, não existe oportunidade melhor para uma empresa pequena do que ao usar o branding, mas como aplicá-lo na prática? No texto de hoje, vamos mostrar como é possível fazer o branding para pequenas empresas de maneira assertiva, bora conferir? Então vamos lá!

Pense sobre a sua empresa e o propósito que quer transmitir

O primeiro passo para iniciar o branding da sua pequena empresa é justamente fazer uma análise crítica voltada a ela, procurando pensar melhor sobre o seu negócio e principalmente qual a mensagem que você quer transmitir para o seu público. 

Liste seus pontos positivos e negativos, entenda a sua colocação no mercado, saiba qual é o seu principal propósito, missão, visão e valores, entenda quem é a sua empresa e até onde ela quer chegar, antes de tentar transmitir para o público um pedaço da sua marca, é preciso defini-la e entendê-la. 

Colete informações do seu público-alvo, entenda o que as pessoas querem consumir vinculado ao seu negócio, estude sobre as personas e defina suas prioridades. 

Defina a identidade da sua marca

Após você sentar e analisar melhor sobre sua empresa e o seu propósito, é hora de criar uma identidade para a sua marca, o grande erro de pequenos empreendedores é justamente não buscar fazer algo diferente e se contentar em ser “apenas mais uma no meio de várias”.

É preciso se posicionar, definir para sua empresa uma identidade da sua marca, então comece planejando todos os detalhes como logotipo, cores, posicionamento de mercado, tipo de linguagem, e traga uma essência para o seu negócio. 

Procure sair da casinha e coloque em prática, tudo que viu no tópico anterior, lembre-se, quanto mais definida for sua marca, mais marcante ela pode ser para o público, então utilize isso como um impulso assim como o compressor de ar pistão faz em motores em processos industriais. 

Capriche na comunicação visual

A comunicação visual é um dos pontos mais importantes durante todo o processo de montagem de branding, e se você quer que a sua pequena empresa se destaque no mercado, essa parte precisa ser marcante e se destacar até mesmo comparado a grandes marcas. 

Procure um logotipo que encaixe com sua proposta, separe cores vibrantes e que representem bem a sua marca, utilize diferentes formas de se comunicar como canais na web como redes sociais e sites, e até mesmo utilize ferramentas como cartões de visita.

A primeira impressão muitas vezes é a que fica, então esse é o momento de caprichar, marcar presença com uma boa identidade visual e mostrar ao seu público mais sobre o seu negócio. 

Crie autoridade dentro do seu nicho

Um bom branding também passa muito em relação ao seu conhecimento, por tanto, procure passar autoridade dentro do seu próprio nicho, crie conteúdos, esteja ativo falando sobre a sua área de atuação e dando dicas para o seu público de forma geral. 

Procure criar uma certa autoridade e mostre que você domina o assunto que aborda, um vidraceiro que consegue explicar melhor sobre um vidro termoelétrico, com certeza vai ter mais autoridade e ser visto sob uma ótica muito mais positiva pelo público. 

Trabalhe essa sua autoridade e reconhecimento dentro do seu nicho, quanto mais incisivo e educativo você for, maior será o seu reconhecimento. 

Aproveite bem os canais de comunicação

Atualmente, existem diversos canais de comunicação que podem auxiliar você a desenvolver o seu branding, devido ao “boom” causado pela web, toda pequena empresa pode usufruir de recursos digitais para mostrar mais sobre o seu negócio e divulgar de forma eficiente tudo aquilo que engloba o seu redor. 

Aproveite bem esses canais para mostrar mais sobre a sua marca, estabelecer um posicionamento firme e convicto, expôr suas ideias, pensamentos e opiniões, e também para se comunicar de maneira efetiva com seu público. 

Use e abuse desses canais de comunicação para divulgar ainda mais a sua marca, e atuar de forma constante no mercado. 

Conecte os clientes à sua história

Para que o seu branding de fato funcione, as pessoas devem comprar a sua ideia e se conectar com a sua história, sendo assim, é necessário ser convincente, ao mesmo tempo que a verdade deve prevalecer acima de tudo, procure mostrar mais sobre o seu empreendimento de maneira verdadeira e aberta ao público. 

Não omita fatos, busque transmitir uma conexão verdadeira e emocional, não fale só sobre seus puxadores de plástico e outros produtos, busque atuar de forma sincera, que toque o coração das pessoas e crie de fato, uma conexão com a sua história. 

O que achou do texto de hoje? Preparado para criar um bom branding para sua pequena empresa? Conte para a gente o que achou nos comentários abaixo e não se esqueça de compartilhar com seus amigos e familiares caso tenha gostado do conteúdo, até a próxima!