Se você é daquelas pessoas antenadas na tecnologia então com certeza conhece ou ao menos já ouviu falar sobre a chamada IoT, ou para os íntimos, Internet das Coisas, esse é um conceito que se baseia na conexão unificada de diversos aparelhos eletrônicos por meio do uso da internet.

A IoT é muito usada dentro do setor industrial, podendo conectar maquinários e até mesmo operar uma lixadeira girafa de forma automatizada, essa tecnologia também é vista dentro de casas inteligentes, sendo a base para todo o seu funcionamento, mas além desses pontos, a IoT também vem se destacando dentro de um setor primordial: o marketing. 

Todos nós sabemos o quanto o marketing é uma área que se adapta às diferentes tecnologias e quanto ele tem evoluído com o passar dos anos com o uso de cada uma delas, no meio de tudo isso, a IoT é uma das mais novas tecnologias que tem modificado por completo esse nicho, modificando suas operações e o seu comportamento no geral. 

No texto de hoje, iremos mostrar mais sobre a IoT e como ela tem revolucionado o marketing, como essa tecnologia pode impactar tanto esse mercado? Bora conferir? Então vamos lá!

IoT, o que significa?

Internet Of Things (IoT), ou Internet das Coisas, é um termo que foi criado em 1999 por Kevin Ashton, ele nada mais é do que um conceito que representa a conexão dos mais diferentes aparelhos que atuam de maneira integrada dentro de uma única rede. 

A internet está cada vez mais presente dentro da nossa rotina, e a conexão via wi-fi é algo básico nos dias de hoje, qualquer lugar que você vai, existe uma conexão seja em uma cafeteria, em um bar, ou até dentro de casa, todos os aparelhos podem ser conectados dentro dessa rede e muitos funcionam através dela, e é justamente esse o princípio do IoT. 

Basicamente, esse é um termo que representa a conectividade dos objetos em junção com a internet, esse conceito vai muito além do seu celular ou fone de ouvido, ele aborda a conectividade de todos os aparelhos desde a geladeira, o ar condicionado até mesmo as já conhecidas assistentes virtuais. 

Tudo está conectado em um só local, em uma rede, trocando dados dentro desse terminal elétrico, isso faz com que os aparelhos conversem entre si e que a conexão seja muito mais profunda do que você imagina. 

IoT e o marketing digital, como se conectam?

Agora que você já entendeu um pouco melhor sobre a IoT, sempre fica aquela dúvida, mas como ela se conecta com o marketing digital? Bom, pode parecer um pouco confuso imaginar o ponto onde a tecnologia de conexão de aparelhos consegue conversar com o marketing, mas acredite, existe um ponto de convergência entre ambos. 

O primeiro fator é que a IoT tem se tornado uma tecnologia recorrente na nossa rotina, em 2020 registramos uma média de 26 bilhões de aparelhos conectados a internet, enquanto em 2021 o número saltou para 30 bilhões, desde 2017 existem mais aparelhos do que pessoas, e a tendência segundo o Gartner é que esse número se expanda para 100 bilhões até 2025.

Com a IoT se tornando recorrente na nossa rotina, o marketing se beneficia justamente de um ponto crucial dessa estratégia, a chamada coleta de dados. Com as pessoas usufruindo dos recursos de aparelhos inteligentes, fica muito mais fácil efetuar a coleta de informações e dados ao manusear esse tipo de aparelho. 

Dessa forma, a IoT tem um papel crucial dentro do marketing principalmente por fornecer dados valiosos, abaixo, listamos os principais pontos de impacto e revolução causados pela IoT dentro do marketing, confira!

Coleta de dados aperfeiçoada e muito mais relevante

O primeiro destaque vai justamente para a coleta dos dados aperfeiçoados e de forma muito mais relevante, através da IoT, é possível ter informações muito mais completas sobre os usuários, afinal, cada aparelho inteligente utilizado gera dados de comportamento, preferências e outros que são essenciais dentro de uma estratégia de marketing. 

Se um usuário faz pesquisas constantes sobre escova de vedação através da sua assistente virtual, ou se solicita para a sua geladeira determinados alimentos, e até mesmo sempre utiliza o GPS para ser guiado até os mesmos locais, tudo isso ajuda a gerar dados que são úteis dentro do marketing digital. 

Cada ação, cada passo dado pelo usuário gera uma informação valiosa, que pode ser replicada dentro do marketing, podendo moldar novas campanhas e gerenciar estratégias assertivas, segmentadas e personalizadas de forma eficaz. 

Mais agilidade no processo de compras

Com os dados em mãos fica muito mais fácil de desenvolver alguns fatores como a aceleração dentro de uma jornada de compras, todos nós sabemos o quanto o mundo está dinâmico e acelerado, então cada segundo é relevante e importa muito para garantir um bom desempenho de uma empresa. 

Sendo assim, a IoT atua diretamente auxiliando e trazendo mais agilidade dentro do processo de compra, entendendo o comportamento prévio do consumidor e personalizando uma oferta de forma antecipada até ele. 

É possível antes mesmo que ele faça a sua escolha, oferecer os produtos e serviços que mais se encaixam no seu perfil baseado em toda a coleta realizada até então, tudo pode ser avaliado é oferecido de forma simples e eficiente, sem maiores dificuldades, trazendo resultados muito maiores do que o esperado. 

Integração de diferentes plataformas

Por fim, a base da execução da IoT é justamente a sua integração, a  conexão de diferentes dispositivos em uma só rede, coletando dados, trocando informações e tendo um funcionamento unificado, é claro que essa integração também acaba impactando diretamente a execução do marketing. 

É possível, por exemplo, coletar dados do Spotify de um usuário e ao entrar na sua loja começar a se adaptar a sua playlist, ou até mesmo coletar informações de vestimenta, acelerando o processo na hora de escolher seus uniformes profissionais. 

Tudo pode acontecer de maneira integrada, com a conversa e o diálogo nas diferentes plataformas, e a facilitação do bom senso e da execução das atividades dentro do marketing. 

O que achou do texto de hoje? Deixe a sua opinião nos comentários abaixo e não se esqueça de compartilhar com seus amigos e familiares caso tenha gostado do conteúdo, até a próxima!

Esse artigo foi escrito por Iago Lourenço, criador de conteúdo do Soluções Industriais.