Muito atual no momento, o branding, ou gestão de marca tem marcado presença nas inovações e necessidades de uma empresa. A maneira mais simples de fazer isso é imaginando uma grande marca, imagine uma grande empresa, conhecida mundialmente no ramo alimentício. 

Ela tem uma embalagem vermelha, produz refrigerante e vende a ‘felicidade’, bons momentos em volta de uma mesa no almoço de domingo. Conseguiu adivinhar qual é? A Coca-Cola tem uma gestão de marca incrível e pontua nos seus comerciais e propagandas o que ela vende: bem mais que refrigerante, ela vende momentos. 

“Abra a felicidade” é o slogan da marca e assim, ela mantém o seu crescimento e expande o seu alcance mundialmente. O segredo deste crescimento é a gestão de marca da empresa. Ela tem os seus valores bem definidos e com isso passa suas principais ideias para o público. Confira 2 dicas para aplicar o branding na sua marca: 

1- Conheça a sua persona

Seja um público seleto ou mais diversificado, a sua persona precisa ter os mesmos interesses para apoiar e se conectar com a sua marca, isso é, ela precisa ser bem definida para que possa ser alcançada. 

Definir uma persona é entender quem é o seu público, seu cliente ideal. O que ele valoriza e qual o motivo dessa valorização. Esta definição funciona como um conserto de bomba e é através dele que a sua indústria mantem funcionando bombas hidráulicas entre outras.

A coca-cola, por exemplo, não é um alimento saudável. Ela não faz propaganda e nem tem sua produção voltada para pessoas com alimentação e dieta fechadas, saudáveis e longe da industrialização; a coca-cola produz e vende para quem valoriza momentos sem pensar nos aromatizantes, açúcares e carboidratos presentes na bebida. 

Para uma boa gestão de marca, definir quem é a sua persona o que ela valoriza, o que é importante para ela, quanto ela pode pagar por isso e se o seu produto é uma necessidade ou desejo dela é muito importante.

2- Tenha uma identidade visual

A identidade visual é como um conserto de uma bomba citada anteriormente. Este conserto de bomba hidráulica mostra quem é a sua marca através da imagem dela e conecta o seu cliente, estabelecendo a harmonia entre cliente e fornecedor. 

Voltando ao exemplo dado no início, a coca-cola tem a sua identidade visual estabelecida: a cor vermelha e a escrita branca. O choque que tomamos ao ver uma lata de coca-cola de outra cor é um reflexo dessa identidade visual. 

Essa identidade visual gera o reconhecimento do público e pode ser útil até mesmo para o lançamento de novos produtos. Isso explica o grande sucesso de bebidas da coca-cola com outras cores e sabores. Todos querem experimentar o que é fora do tradicional. 

Esse equilíbrio estabelecido entre a boa definição de identidade visual e novidades funciona como uma bomba, que movimenta a marca e a mantém viva. Mas, para isso, a marca deve estar bem estabelecida. A coca-cola, por exemplo, não iniciou as atividades com várias cores de marca, ela primeiro estabeleceu a sua identidade e depois inovou. 

A inovação precisa nascer depois desse estabelecimento e funciona como um serviço da empresa de montagem industrial, que prioriza essa troca e movimento com a persona e mantém o negócio funcionando. Por isso, unir a definição exata de cliente ideal com a identidade visual de uma empresa é tão importante para a gestão de marca. Nos acompanhe para ler mais conteúdos assim!

Este artigo foi produzido pela equipe do Soluções Industriais.